Cuba na Tenda da Solidariedade

DSCN0985

No dia 29/8, as companheiras de Cuba, Elpidia Moreno, Carla Lopez, Maria del Carmen Barroso e Georgina Alfonso, todas da Federação de Mulheres Cubanas, apresentaram “seus sonhos, liberdades e esperanças”.

Desde a revolução cubana, 1959, as mulheres tiveram muitos avanços, todavia, ainda têm muitos desafios. Hoje, as cubanas estão em diversos espaços sendo 48% no parlamento, 70% na saúde e 70% na educação. Elas conduzem 175 casas de orientações sobre violações de direitos humanos para mulheres, homens, jovens e crianças. No campo, as feministas trabalham com a inserção das mulheres na agricultura de alimentos e em cooperativas. A companheira Elpidia enfatizou a importância da solidariedade mutua para o fortalecimento do feminismo e o combate ao capitalismo.

As principais pautas hoje são a desnaturalização das práticas machistas no espaço privado, principalmente, o fim da dupla jornada de trabalho, pois as politicas implementadas regulam somente a vida pública. Lutam pelo fim do embargo econômico imposto pelos Estados Unidos que impacta cruelmente na vida d@s cuban@s e a prisão injusta dos cinco cubanos.

Anúncios

Tags:,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: