Programação

logoencontroMMM

Programacao25-28MMM

Programacao29-31MMM

 

Programação

25/08 – Chegada das delegações.

Apresentação do Encontro para as delegadas internacionais.

.

26/08, às 9:00 – Conferência “A trajetória do feminismo na América Latina”

Nalu Faria (Brasil), Sandra Morán (Guatemala) e Sonia Alvarez (Estados Unidos).

.

26/08 , às 14:00 – Conferência “Acumulação por despossessão: Trabalho, Natureza e Corpo das Mulheres”

Helena Hirata (França/Brasil), Ariel Salleh (Austrália), Malalaia Joya (Afeganistão) e Jean Enriquez (Filipinas).

.

27/08, às 9:00 Conferência Feminismo e construção de alternativas

Georgina Alfonso (Cuba), Magdalena León (Equador), Basma Khalfaoui (Tunísia), Francisca Rodriguez (Chile) e Graça Samo (Moçambique).

.
27/08, às 14:00 – Conferência A Marcha Mundial das Mulheres (MMM) como movimento incontornável: balanço da MMM na resposta à conjuntura e na construção de alternativas

Judite Fernandez (Portugal), Emilia Castro (Quebec), Nana Aïcha Cissé (Mali) e Miriam Nobre (Brasil).

.

28/08, às 9:00 – Conferência Nossas trajetórias teóricas e correntes de pensamento e Conjuntura atual

Maria Lúcia Silveira, Clarisse Goulart Paradis, Nalu Faria e Georgina Alfonso.

.

28/08, às 14:00 – Grupos de discussão

.

29/08, às 9:00 – Feminismo em marcha: nossos acúmulos e intervenções políticas

Painéis simultâneos: “Mercantilização, controle do corpo e sexualidade”; “Por que o feminismo tem que ser anti-racista?”; “Mulheres em luta contra a mercantilização da natureza”; “Autonomia econômica: desafios para uma agenda feminista no mundo do trabalho”; “Ofensiva do capital sobre as cidades”; “Enfrentamento à violência contra as mulheres: estratégias feministas”; “Feminismo e cultura: a construção da contra-hegemonia”

.

29/08, às 14:00 – Feminismo em marcha: nossos acúmulos e intervenções políticas

Painéis simultâneos: “Visibilidade lésbica”; “Em luta pela democratização da comunicação”; “Soberania alimentar: estratégias das mulheres para transformar o modelo de (re)produção e consumo”; “Prostituição”; “Desafios para a despatriarcalização do Estado”; “Economia feminista e solidária”; “Direito ao aborto e estratégias feministas para a autonomia sobre a sexualidade e maternidade”; “Educação não sexista”.

.

30/08, às 9:00 – Feminismo em marcha: trajetórias a partir das nossas práticas políticas

Painéis simultâneos: “Feminismo e agroecologia: a experiência das mulheres na construção de práticas agroecológicas”; “A resistência das mulheres nos territórios”; “Cultura como contra-hegemonia”; “Estratégias para garantir a autonomia das mulheres”; “Os sentidos políticos da ocupação feminista do espaço público”; “Práticas de comunicação feminista”.

.

30/08 às 14:00 – Feminismo em marcha: trajetórias a partir das nossas práticas políticas

Oficinas simultâneas: “Lambe-lambe”; “Pichação crítica e stencil”; “Batucada”; “Zine Feminista”; “Nossas formas de comunicação: escrevendo panfletos”; “Nossas formas de comunicação: feminismo na internet”; “Nossas formas de comunicação: oficina de rádio”; “Produção de faixas”; “Muralismo”.

.

Foto: Elaine Campos.

Foto: Elaine Campos.

 
.
31/08

9:00 – Assembléia Final

14:00 – Manifestação: Feminismo em Marcha para Mudar o Mundo, concentração no MASP.

.

Manifestação MMM

.

Atividades permanentes

Em todos os dias acontecerão atividades culturais e de integração no início das atividades, no intervalo do almoço e à noite.

.

Exposição “Feminismo em marcha” acontece na Galeria Olido (centro de São Paulo), entre os dias 25 de agosto e 29 de setembro de 2013. Projeções, fotografias e materiais históricos apresentam as principais ações e temáticas abordadas por este movimento que está presente em mais de 60 países.

.

Tenda da Solidariedade manterá uma exposição permanente com as atividades de solidariedade realizadas nos vários países pelas ativistas da MMM e demandas de solidariedade frente a emergências sócio-climáticas, conflitos armados e criminalização de lutas sociais. Estão previstas rodas de conversa com ativistas feministas de Haiti, Cuba, Palestina, República Democrática do Congo, República Centro Africana, Saara Ocidental, Bangladesh, Turquia e Grécia.

.

Mostra de Economia Solidária e Feminista também será permanente com a participação de grupos produtores de mulheres de todo o Brasil.

.

A equipe de comunicação estará atuando durante todo o Encontro através da Convergência de Comunicação dos Movimentos Sociais: produção de conteúdo jornalístico de forma colaborativa, a partir de parceria da MMM com a Radio Mundo Real, ALBA TV, ALAI e Via Campesina.

.

Veja como está a expectativa internacional para o Encontro, que acontece pela primeira vez no Brasil!

Anúncios

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: